Aprenda a ser um negociador profissional!

Negociar pode ser um desafio nas ações do dia a dia

Você já viveu algum momento que precisa negociar e que não saiu como você esperava? A venda de um carro, o aumento de salário, o desconto naquela bolsa, seja qual for a situação, para que você tenha uma vantagem é preciso ser um bom negociador, habilidade que requer aprendizado e prática, aprenda algumas dicas a seguir.

A primeira coisa que você precisa ter em mente é quanto está disposto a pagar ou receber naquele produto. Vamos supor que você está vendendo um celular, o valor que você deseja receber nele é R$1.500, você não vai dizer logo de cara que é esse preço. Coloque um valor mais alto, R$1.700, caso a pessoa aceite, você tem a vantagem de R$200, senão, a negociação pode fluir até o valor inicial que você já estava prevendo na sua cabeça. 

O exemplo anterior serve também se você for o cliente, se você fosse comprar o celular e desejasse pagar R$1.500, colocasse uma proposta mais baixa, como R$1.300 até chegar ao preço que gostaria de pagar. Qualquer valor que o vendedor escolhesse abaixo, seria benéfico. Em geral, nunca se deve aceitar a primeira proposta. 

Na hora de negociar, tenha conhecimento de todo o produto, as vantagens e as desvantagens. Tudo pode virar argumento. No exemplo do celular, explique que a câmera tem um diferencial x, que a bateria dura mais de um dia e que o processador nunca trava. Se estiver comprando, cite o preço e as facilidades que os concorrentes oferecem, muitos vendedores costumam cobrir ofertas. 

Já em outra situação, se estiver solicitando um aumento de salário, mostre ao empregador todas as suas qualidades, o bom trabalho que você já desempenhou, quanto tempo já está na casa, como você é pontual e como isso vai fazer a diferença. Ensaie todos os argumentos antes e imagine todos os rumos que a conversa pode tomar.

Em contrapartida, esteja preparado também para ser “atacado”, o outro lado da negociação vai falar dos pontos fracos do seu produto. Você precisa ter contra argumentos plausíveis e mostrar que você ainda tem o diferencial que a concorrência não tem. 

Mesmo que a outra pessoa esteja apontando suas fraquezas, o ideal é não demonstrar insegurança. Mantenha uma postura firme, olhe nos olhos, não gagueje, tenha as mãos a mostra, fale em um tom médio. A linguagem corporal traduz muito os seus sentimentos e pode colocar todo o negócio por água abaixo se a outra pessoa perceber que você não está a vontade naquela situação.

Por fim, saiba que nem sempre você vai conseguir aquilo que planejou, tão importante quanto ser firme, é ser flexível. Em algumas situações não vale a pena forçar, só avalie se ao final da negociação aquela proposta irá te satisfazer, mesmo que esteja fora das expectativas. Se a resposta for sim, feche o negócio. Senão, outras oportunidades virão. 

O segredo de ser um bom negociador é praticar bastante utilizando as técnicas apresentadas e outras que a vida ensina. 

 

Tags: finanças orçamento

Veja mais