Aplique o método Marie Kondo às finanças pessoais

A guru da organização pessoal Marie Kondo tem feito muito sucesso em todo o mundo graças ao método de arrumação conhecido como KonMari

A japonesa Marie Kondo já vendeu milhões de livros em mais de 40 idiomas, lançou uma série na Netflix e foi eleita pela revista Times como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Tudo isso graças a uma estratégia de organização que envolve reunir os seus objetos, separá-los por categoria e guardar apenas aquilo que “dá alegria”.

Mas o interessante é que esse é um conceito valioso que não se aplica somente a arrumação e organização da sua casa: ao aplicar o KonMari na gestão de suas finanças, você pode conseguir gerir melhor o seu orçamento e maximizar o potencial da sua renda. Quer aprender como fazer isso?

Em primeiro lugar, vem o passo mais básico você deve organizar as suas finanças. Uma boa estratégia para isso é “colocar tudo a sua frente”, como Kondo ensina em sua série da Netflix ao tratar sobre a organização de objetos. Pode ser em um caderno, uma folha de papel, no celular ou no computador – o importante é que todos as despesas e rendas estejam no documento, descritas de maneira clara.

A partir daí, você pode passar para uma segunda etapa, que envolve um conceito muito importante no KonMari que é a categorização. Ao falar sobre a organização do ambiente onde você mora, Marie ensina que as pessoas não devem recorrer a velha separação de objetos de acordo com os cômodos. Na verdade, o ideal seria separá-los em categorias gerais, como “livros”, “quadros” ou “roupas”. Você pode utilizar essa mesma lógica nas suas finanças, ao separar em categorias os dados que você já reuniu na primeira etapa.

O último passo, após a descrição e a categorização dos seus gastos e receitas, seria considerar o que de fato é essencial para você. Uma das questões muito importantes que Marie Kondo traz para o seu público é a reflexão sobre o consumo. Ela ensina que se um objeto não te faz feliz, você não tem por que mantê-lo. Colocar isso em prática ao avaliar suas finanças pode trazer excelentes resultados.

Tags: economia finanças

Veja mais