5 gastos que te fazem bem e não devem ser cortados

Economizar faz bem, contudo, há coisas mais importantes

Em um momento de crise é comum que a gente comece a fazer cortes no orçamento, as atividades relacionadas ao lazer e ao bem-estar são as primeiras da lista. Contudo, pode ser que estes gastos te façam felizes ou sejam necessários. Cortando-os você perde um pouco da graça da vida.

O ideal é que na hora de criar um planejamento financeiro, você dê valor ao que é compensatório. Afinal, o dinheiro, fruto de tanto trabalho, deve trazer recompensas que te façam bem, seja no ramo do lazer ou até mesmo da saúde. Descubra suas prioridades.

O exercício físico

Fazer uma atividade física traz infinitos ganhos para a saúde. Reduz o estresse e o risco de doenças, além de promover o bem-estar físico e mental. É provável que o exercício que você goste tenha um custo. A aula de yoga, o pilates, a natação ou até mesmo a academia convencional.

O fato é que essas práticas acabam virando investimento em si mesmo, afinal, traz benefícios no presente e mais ainda no futuro. Por isso, inclua essas atividades no seu planejamento financeiro, e claro, no planejamento de vida. Faça dos exercícios um hábito. 

O plano de saúde

O serviço de plano de saúde pode comprometer uma parte considerável do orçamento e muitas pessoas preferem não tê-lo por alegarem não estarem doente no momento presente. Mas esse tipo de pensamento pode trazer grandes problemas no futuro.

Nos períodos mais complicados financeiramente, busque planos mais simples. Hoje em dia, há opções que possibilitam o pagamento de um valor simbólico mensal que garante grandes descontos em consultas e exames, dessa maneira, só haverá gastos significativos quando precisar usar.

O jantar fora

Todo mundo que trabalha merece mimos, nem que seja uma vez por mês. Este agrado pode ser um jantar em um restaurante legal. Nem precisa ser uma data especial ou algo muito sofisticado. O objetivo é que você tenha um momento de lazer sozinho ou acompanhado, e, sobretudo, sair da rotina. 

Os serviços de streaming

Uma facilidade que a tecnologia trouxe foram os serviços de streaming. Por meio do celular, por exemplo, você assiste filmes e séries, ouve música e podcasts e ainda tem acesso à todo tipo de informação, como notícias e entretenimento. 

Estes serviços são democráticos e com menos de R$50 por mês é possível ter acesso a esse conteúdo. Além disso, é possível contratar pacotes compartilhados e dividir com amigos e familiares, assim, você paga menos e garante diversão para todos. 

O fato é que não é necessário se privar de algumas experiências, com planejamento é possível ser feliz dentro do seu orçamento.. Conte pra gente, qual o gasto que você não abre mão por se sentir bem? 

Tags: finanças qualidadedevida

Veja mais